Voluntariado: o que é, como praticar e vantagens

Voluntário

Voluntariado: o que é, como praticar e vantagens

O terceiro setor da sociedade civil é, sem dúvidas, fundamental para a manutenção de uma igualdade social. As ONGs, as fundações, as associações têm a função de tentar equilibrar a vida em sociedade, abrindo oportunidades e ajudando diretamente os mais desfavorecidos. Esse trabalho é, obviamente, essencial e deve sempre ser destacado. Mas, mais do que isso, é importante também olhar para as figuras individuais que o fazem existir. Dentre esses tipos, há um que merece atenção: o trabalhador voluntário. Este texto tem a finalidade de explicar um pouco sobre o que é o voluntariado, mostrar como o praticá-lo e apresentar seus pontos mais positivos. Siga, então, nessa leitura para compreender melhor este assunto.

O que é Voluntariado?

O termo voluntariado designa um movimento coletivo de pessoas dispostas a exercer algum trabalho voluntário. O trabalhador voluntário, como sugere próprio nome, é aquele que exerce alguma atividade sem qualquer remuneração e por vontade própria. A etimologia mesma da palavra voluntário está relacionada a esse conceito. Pois o termo vem do adjetivo latino “voluntarius”, que significa aquele que age por vontade própria.

Portanto, o voluntariado é o movimento de pessoas que decidem realizar um trabalho sem qualquer ganho financeiro, apenas tendo em vista a causa a ser atendida. Isso é bastante comum nas instituições filantrópicas do terceiro setor, em que muitas das pessoas que ajudam nos trabalhos, o fazem sem qualquer expectativa de retorno financeiro, mas apenas pela própria causa em si.

No entanto, isso não ocorre apenas no universo do terceiro setor. No tópico seguinte, vamos apresentar mais áreas onde o trabalho voluntário se faz presente.

Tipos de voluntariado

Tipos de voluntariado

O trabalho voluntário não se restringe ao terceiro setor, mas, ao contrário, pode aparecer em várias outras áreas. Nesta seção, vamos apresentar pelo menos três ramos a você que pretende atuar como voluntário. Começaremos falando por onde essa atividade é mais comum: o trabalho voluntário no terceiro setor.

Voluntariado em ONGs

De maneira geral, nas ONGs o voluntariado é bastante comum, sobretudo porque o trabalho no terceiro setor já tem em si mesmo algo de filantrópico. Ou seja, por não ter finalidades lucrativas, as ONGs mostram-se instituições mais propícias a quem deseja servir ao próximo sem qualquer tipo de ganho financeiro em troca.

Além disso, conseguir uma vaga de trabalho voluntário nessas instituições é uma tarefa bastante simples. Exceto, em casos isolados, nos quais uma grande concorrência obrigue a realização de testes seletivos ou quando a própria instituição é que exige certas competências específicas à ocupação da vaga.

Excetuadas essas duas situações, a maioria das ONGs requer apenas que o candidato tenha a disposição e boa vontade necessária para servir à causa e realizar bem o trabalho.

Voluntariado empresarial

O termo Voluntariado empresarial é empregado para nomear as ações de empresas privadas no sentido de incentivar os seus colaboradores à realização de trabalhos voluntários. Ou seja, aqui as empresas criam atividades dessa natureza e estimulam os seus funcionários a participarem delas.

Este incentivo é feito através de premiações e concessão de benefícios (não financeiros) a quem participar. Além disso, há eventos coletivos como reuniões, trabalhos em grupo, etc.

Voluntariado ambiental

O voluntariado ambiental é o nome dado aos trabalhos voluntários realizados em vista da proteção ao meio ambiente. Trata-se de um conceito bastante simples de se entender, pois abrange qualquer atividade feita voluntariamente e com a finalidade de assegurar a preservação ambiental.

Nesse sentido, muitas ações se encaixam no conceito de voluntariado ambiental. Atividades como o cultivo de plantações comunitárias, preservação de áreas desmatadas, trabalhos de reflorestamento e assim por diante.

Praticar voluntariado

Praticar voluntariado

O que diz a lei sobre voluntariado?

É importante lembrar que o serviço voluntário no Brasil é regulamentado. Quem faz isso é a lei 9608 do ano 1998, que além de dar o conceito de trabalho voluntário, traz também outras regras importantes.

Dentre elas, destacamos aqui que o trabalho voluntário não cria um vínculo empregatício entre a entidade e o trabalhador. Além disso, também não gera a responsabilidade à empresa de arcar com encargos previdenciários e trabalhistas em relação ao voluntário.

Outro ponto importante, é que a instituição pode ressarcir o trabalhador voluntário que sofrer algum prejuízo material na execução da atividade. Por exemplo, os custos com transporte do voluntário, que se desloca para o local onde deve ser realizado o trabalho. Esta despesa pode ser ressarcida à critério da instituição, isto é, se a empresa ou o órgão do terceiro setor julgar necessário fazê-lo.

Vantagens de praticar voluntariado

O trabalho voluntário beneficia não apenas aquelas pessoas em vista das quais o trabalho é realizado, mas também os seus agentes. Isso, em um primeiro momento, pode não ficar muito claro, mas é certo que a experiência de participar de algum serviço voluntário faz bem ao indivíduo não apenas no campo profissional, mas em outras áreas da sua vida como um todo.

Para tentar demonstrar este fato, há uma série de vantagens que poderiam ser elencadas aqui. Mas vamos destacar aqui aquelas que trazem mais frutos a vidas dos trabalhadores voluntários:

  • Comecemos com o fato de que as pessoas adquirem novas habilidades advindas do trabalho executado: trabalhos manuais, atendimento ao público, marketing digital, enfim; o campo de possibilidades é bem vasto;
  • Além disso, ampliam sua consciência a respeito do funcionamento da sociedade e das ações humanas;
  • Por último, também vale citar que o trabalho voluntário ajuda no amadurecimento do indivíduo que o pratica, tendo em vista as situações reais às quais ele é exposto e que exigem dele a tomada de importantes decisões.

*Texto produzido e distribuído pela Link Nacional para os assinantes da solução Conteúdo para Blog.

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *