A educação através do terceiro setor

O tema “educação” é bastante delicado e proporcionalmente importante em qualquer sociedade humana de qualquer época; já que é ela a responsável por formar os indivíduos que irão viver e realizar as ações cujos efeitos determinarão o sucesso ou fracasso dessa mesma sociedade.

Nos tempos atuais, a palavra “educação” teve o seu sentido ampliado e amplos também são os meios através dos quais ela pode acontecer. Um deles é o terceiro setor; isto é, projetos, iniciativas sem finalidades lucrativas que se dedicam a desenvolver atividades na área da educação. E é sobre essa relação ou participação do terceiro setor na educação que este post vai tratar.

Como o Terceiro Setor se faz presente na educação?

Hoje em dia, e falando mais especificamente sobre a sociedade brasileira, o terceiro setor da economia é bastante vivo, ele tem uma atuação bem forte na vida social.

As ONGs, as fundações e as associações, que são instituições típicas desse setor, estão presentes em diferentes áreas da atuação humana, principalmente naquelas que envolvem a prestação de serviços sociais, realizados algumas vezes em caráter filantrópico (sem finalidades lucrativas), como é da natureza mesma dessas instituições.

A educação inclui-se como mais uma atividade de tipo social que as instituições do terceiro setor têm buscado oferecer a grupos, a pessoas ou a comunidades (carentes desse serviço).

E é precisamente dessa maneira que o terceiro setor se faz presente na educação: com ONGs, associações ou entidades do tipo elaborando projetos educacionais e os realizando em locais onde nem a educação pública e nem a educação privada chegam.

O terceiro setor pode ter influência na educação pública?

A resposta a essa pergunta é positiva, contudo essa influência existe no sentido de melhorar o trabalho da educação pública já existente atualmente, servindo como um complemento dele, resolvendo as carências que o sistema educacional público não consegue resolver.

De modo concreto, essa parceria pode acontecer com as instituições do terceiro setor oferecendo aos estudantes serviços dos quais eles necessitam e que as escolas não possam realizar.

E nesse nicho, as demandas são muitas:

  1. Atividades de reforço escolar, que ajudem a fixar o conteúdo dado em sala de aula;
  2. Projetos esportivos para estimular as crianças a praticarem exercícios físicos;
  3. Atividades culturais, que envolvem a literatura e o aprendizado de técnicas como a pintura, a música, a dança e assim por diante.

Terceiro setor na educação pública

O terceiro setor na educação de adultos

Essa mesma parceria entre Estado e terceiro setor também se estende aos projetos educacionais voltados aos Jovens e Adultos. Atualmente já é bastante comum que os famosos programas EJA (Educação de Jovens e Adultos) sejam em muitos locais capitaneados por ONGs ou por outras instituições sem fins lucrativos.

Ao Estado, fica a responsabilidade fomentar esses projetos, e assim incentivar mais e mais instituições a também executarem semelhantes trabalhos, que tanto ajudam a retirar do analfabetismo material (analfabetismo total) um enorme número de pessoas.

Quais os tipos de iniciativas educacionais possíveis via terceiro setor?

Seja atuando ao lado dos poderes públicos, seja agindo por conta própria e contando com a receita advinda de doações e do próprio serviço prestado, qualquer entidade do terceiro setor pode dedicar-se desenvolver projetos educacionais.

E os tipos de iniciativas possíveis nesse sentido são muitos, pois a própria área da educação é bastante ampla e possui as suas fases, as suas divisões.

Uma ONG pode, por exemplo, propor-se a tratar apenas da educação de base, focando no desenvolvimento da linguagem, e prestar este serviço às pessoas. Outra associação pode oferecer às pessoas um aprendizado quanto à apreciação dos bens de cultura (literatura, pintura, música, teatro), o que já exige dos indivíduos algum domínio da linguagem (trabalho da primeira ONG). Também há espaço para um ensino do tipo religioso/espiritual e assim pode-se seguir.

*Texto produzido e distribuído pela Link Nacional para os assinantes da solução Conteúdo para Blog.

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *