Como a internet revolucionou o terceiro setor?

No cenário atual, a internet tem se mostrado uma força transformadora em diversos setores da sociedade. E o terceiro setor não é exceção. Organizações sem fins lucrativos, ONGs e instituições de caridade já usam a internet para otimizar suas operações, ampliar o alcance e maximizar o impacto social. Neste post, exploraremos como a internet impactou o terceiro setor, falando sobre mudanças positivas e sobre os desafios que ainda precisam ser vencidos. Acompanhe!

Como a internet tem influenciado a captação de recursos no terceiro setor?

Contribuição tecnológica para a captação de recursos no terceiro setor, se dá principalmente pelo uso de plataformas de crowdfunding e de doações online. Essas duas ferramentas de arrecadação possibilitam às organizações alcançarem um público global; além de terem facilitado o processo de doação e o tornado mais transparente e seguro.

Aprofundando um pouco mais nesse tema, antes, as ONGs tinham que depender principalmente de eventos presenciais, campanhas boca a boca e envio de boletos por correio para arrecadar fundos. Mas hoje, com a evolução das plataformas de doações online, o processo se tornou muito mais ágil e eficiente.

Pois qualquer pessoa com acesso à internet pode contribuir para uma causa que acredita, sem a necessidade de estar fisicamente presente ou aguardar prazos de pagamento.

Como a internet revolucionou o terceiro setor

Quais são as principais tecnologias de arrecadação online utilizadas pelo terceiro setor?

Atualmente, para as suas arrecadações online, as instituições em todo o mundo utilizam os sistemas online de crowdfunding. No Brasil alguns deles são bastante famosos. Confira a seguir as principais plataformas de financiamento coletivo do mercado:

Kickstarter

Mundialmente conhecida, a Kickstarter é utilizada em projetos criativos e inovadores. Ela serve como solução a muitas ONGs que contam com os seus recursos a fim de angariar fundos para as suas iniciativas sociais, como, por exemplo, os projetos culturais, ambientais e de apoio a comunidades carentes.

Facebook Fundraisers

Aproveitar a vasta base de seguidores e de demais usuários da rede social para iniciar as arrecadações também é algo que pode ser feito; e o Facebook possibilita a aplicação dessa ideia.

Com a funcionalidade Arrecadação de Fundos no Facebook, as instituições podem criar campanhas de arrecadação de fundos diretamente em suas páginas. Essa ferramenta foi criada para facilitar a captação de recursos para causas sociais.

Plataforma de Doação Online

No Brasil, o melhor sistema de arrecadação online com os quais as instituições do terceiro setor podem contar é a Plataforma de doação online da Link Nacional.

A plataforma é na verdade um sistema que funciona como uma página do site da instituição.

Nessa página, há um formulário para que o doador escolha com quanto deseja contribuir e os métodos de arrecadação dos quais a instituição pode se valer para receber a doação.

São mais de 15 os métodos de arrecadação; dentre os quais estão:

  • Cartão de crédito e débito;
  • Visa Checkout;
  • Cielo Checkout;
  • Pix;
  • Boleto Bancário;
  • Criptomoedas.

De que forma as mídias sociais têm sido usadas para aumentar o engajamento com o público e divulgar causas sociais?

As mídias sociais são poderosas ferramentas de interação e por isso mesmo servem de forma muito eficiente ao trabalho de comunidades engajadas e fiéis em torno das causas sociais. As redes sociais principalmente funcionam como canais através dos quais as instituições estabelecem conexões mais pessoais com os seus seguidores, divulgam os seus projetos e compartilham as suas vitórias

Outra vantagem das mídias sociais é a possibilidade de segmentar e direcionar conteúdos específicos para diferentes públicos. Com ferramentas de análise de dados, as ONGs podem obter informações sobre o perfil e comportamento de seus seguidores, e assim usá-las na criação das suas campanhas para torná-las direcionadas e aumentar as chances de sucesso.

Acesso e inclusão digital

Quais são os principais desafios existentes no uso da internet no terceiro setor?

A utilização da internet no terceiro setor é algo, sem dúvidas, muito positivo, mas a sua implementação também carrega alguns problemas. E por isso é importante conhecer, saber quais são os desafios a serem vencidos nessa realidade

Veja abaixo uma lista com alguns dos principais pontos a serem considerados:

    • Acesso e inclusão digital: um dos principais desafios é garantir que todas as partes interessadas tenham acesso à internet. Em alguns lugares, especialmente em comunidades carentes e áreas rurais, o acesso à internet pode ser limitado ou inexistente, o que dificulta a implementação de soluções tecnológicas;
    • Custos e recursos: são necessários investimentos em infraestrutura, hardware, software e treinamento da equipe. No entanto, as organizações do terceiro setor nem sempre têm os recursos financeiros para isso, situação que dificulta a adoção de tecnologias mais avançadas e atualizadas.

Além disso, a manutenção e atualização contínua dos equipamentos também exigem recursos e conhecimentos técnicos;

  • Segurança e privacidade: a segurança da informação é uma preocupação sempre presente; especialmente no caso das instituições que lidam com informações confidenciais de doadores e beneficiários. A proteção dos dados e a prevenção de violações de segurança são essenciais para manter a confiança do público e garantir a integridade das operações da organização.

A superação desses obstáculos está condicionada a um planejamento cuidadoso, a um investimento adequado e a atenção às questões de segurança e privacidade.

*Texto produzido e distribuído pela Link Nacional para os assinantes da solução Conteúdo para Blog.

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *