Posicionamento de marca é para o terceiro setor?

Será que cabe aplicar posicionamento de marca no terceiro setor? Esta pode ser a dúvida de muitos profissionais que trabalham em instituições filantrópicas. Afinal, já que conceitos como esses são aplicados por diversas empresas e surtem bons resultados, por que não aplicá-los no terceiro setor?

Um dos especialistas do marketing, Philip Kotler e Gerald Zaltman, já mencionaram que técnicas do marketing podem ser usadas para causas sociais, para isso eles criaram o termo Marketing Social.

Sendo assim, o posicionamento de marca pode ser aplicado como uma das estratégias de um plano de marketing social, para que várias pessoas lembrem-se da sua instituição e dos seus valores. Para saber como desenvolver um bom posicionamento para sua organização, leia o post até o final!

 

O que é posicionamento de marca?

Segundo Philip Kotler, considerado por muitos um dos principais pesquisadores de marketing, o posicionamento de marca consiste em desenhar uma oferta de modo que ela ocupe um lugar precioso na mente do seu público.

Trata-se de desenvolver visibilidade e conexão com os interessados na sua empresa ou organização. Resumidamente, posicionar uma marca é definir qual lugar ela quer ocupar no coração e na mente do seu público-alvo. Sua organização quer ser lembrada pelo o quê?

Importância do posicionamento de marca

Para alguns pesquisadores, o posicionamento de marca deve ser o primeiro passo na criação de uma marca, seja ela qual for. Portanto, definir pelo que sua instituição quer ser lembrada pode facilitar muito a tomada de decisões estratégicas no seu trabalho.

Como por exemplo, estabelecer qual será o tom de voz usado na comunicação, qual conteúdo produzir, etc. Ao realizar todas essas ações, você pode usufruir dos seguintes benefícios: reforçar a identidade corporativa, aumentar a visibilidade, melhorar a percepção diante de voluntários e apoiadores, além de gerar credibilidade.

Como se posicionar no terceiro setor

Agora que você já sabe o que é um posicionamento de marca e quais são suas vantagens, chegou a hora de se posicionar de fato.

Para fazer isso, o primeiro passo é definir em qual causa sua instituição atua e quais são seus valores. Com isso em mente, é hora de dar o próximo passo e estabelecer qual é o papel da sua organização no tecido social, para isso responda às seguintes perguntas:

  • Qual é o problema central que sua instituição atua para minimizar?
  • Quais são as causas que levam a existência desse problema ?
  • Quais são os efeitos desse problema na sociedade?

A partir das respostas, é hora de partir para um planejamento mais estratégico. Transforme seu problema central em um objetivo principal, as causas em estratégias para alcançar o objetivo principal e os efeitos em objetivos secundários.

Para que fique mais claro, vamos supor que sua instituição atue no combate às drogas, sendo assim, o seu problema central seria o uso das drogas e o objetivo principal seria combater o uso das drogas.

As causas poderiam ser falta de conscientização sobre o assunto, falta de estrutura familiar e psicológica, etc. Portanto, para combater as drogas você poderia fazer campanhas de conscientização, oferecer apoio psicológico, entre outras estratégias.

Por fim, os efeitos do uso das drogas são aumento da criminalidade, rompimento de laços familiares, etc. Desta forma, outros objetivos que poderiam ser trabalhados pela sua organização seriam a diminuição da criminalidade, o restabelecimento de vínculos familiares, entre outros.

Como aplicar o posicionamento na comunicação

Agora que você já sabe exatamente qual é o objetivo da sua instituição, é muito mais fácil aplicar o posicionamento na sua comunicação nas redes sociais ou em outras mídias quando for o caso.

Para finalizar o posicionamento da sua marca, pense em como sua comunicação deve ser para atingir seus objetivos. Se o seu objetivo for combater as drogas, por exemplo, geralmente o público mais afetado com esse problema são os jovens, portanto você deve usar linguagem mais informal e publicar conteúdos que conversem com as aflições de um jovem.

O importante é ter em mente qual é a essência e valores da sua marca e transmitir isso em todas as suas publicações, dessa forma o posicionamento ocorre no dia a dia e de forma natural.

Posicionamento de branding

Exemplos de posicionamento de marcas famosas

Para ilustrar todos os conceitos que debatemos, um exemplo claro e consolidado de posicionamento de marca no setor comercial são as campanhas da Coca-Cola. Afinal, quando você pensa nos comerciais da marca, do que se lembra?

Provavelmente, você deve ter pensado em valores como família, amizade, alegria e união. Em diversas campanhas e comerciais como “Abra a Felicidade”, “O lado Coca-Cola da vida”, a marca busca sempre estimular e representar o compartilhamento de momentos e experiências.

Você pode fazer mesmo com a sua instituição. A partir da causa que se propõe ajudar, escolher um sentimento que deseja passar ao seu público e transmitir isso em toda a sua comunicação.

Texto produzido e distribuído pela Link Nacional para os assinantes da solução Conteúdo para Blog.

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *