Como pedir doações: dicas para ter uma boa arrecadação

Um dos passos fundamentais para manter uma instituição filantrópica é saber como arrecadar doações, por isso também é muito importante compreender como pedir doações. Há várias estratégias que podem ajudar como campanhas nas redes sociais, contar a história da ONG, usar técnicas de marketing, etc.

Neste post, apresentaremos estas técnicas para te ajudar a alavancar a arrecadação de doações da sua instituição. Acompanhe!

Tipos de doação

Antes de falarmos sobre as técnicas de arrecadação, é preciso saber quais são os tipos de doação. Pois é necessário compreender em qual situação a instituição se encaixa para assim preparar uma campanha de doações mais assertiva. Confira abaixo quais são os tipos de doações:

  • Doação em dinheiro: quando pensamos em donativos, o tipo de contribuição mais utilizado tanto pelas ONGs quanto pelos doadores é o dinheiro. Isso porque ele é mais fácil de ser transferido e a instituição pode usá-lo para suprir diferentes necessidades. Outro lado bom desse donativo é que ele pode ser arrecadado de diferentes formas: por vaquinhas virtuais, sites integrados com plataformas de doação, divulgação de conta bancária, pix, etc.
  • Doação de tempo: a doação de tempo refere-se ao trabalho voluntário, quando uma pessoa doa parte do seu tempo e conhecimento em prol de uma causa social. Por exemplo, há professores que dão aulas de forma gratuita em cursinhos populares. Para conseguir esse tipo de donativo, normalmente as instituições divulgam vagas voluntárias nas redes sociais.
  • Doação de produtos: por último, outro donativo essencial para manter entidades filantrópicas é a doação de produtos como produtos de higiene pessoal, roupas, brinquedos, alimentos, etc. Para arrecadar esses itens, uma boa estratégia é divulgar em redes sociais e veículos de comunicação.

Como pedir doações

Normalmente, uma ONG precisa de todos os tipos de doações citados anteriormente, mas para conseguir boas arrecadações, não basta apenas compartilhar suas necessidades. Existem algumas técnicas que ajudam a conectar as pessoas com a causa social da instituição e assim alavancar doações, veja a seguir como fazer isso:

Saiba contar a história do seu projeto

O primeiro passo é saber como descrever o porquê da sua instituição precisar de determinadas doações. Para isso, monte um material de divulgação que explique suas motivações, o impacto positivo das contribuições para o seu projeto e do seu projeto para a sociedade e como serão utilizados os recursos arrecadados.

Tenha canais de comunicação aberto

Muitas pessoas não contribuem imediatamente quando se deparam com uma campanha de doações. Por isso, ter canais de comunicação, como redes sociais e site, contribuem para construir uma boa imagem da sua instituição para esse público.

Normalmente, esse público costuma procurar por informações sobre a campanha e a instituição que a organiza, suas ações, etc. Desta forma, uma boa técnica para alavancar doações é ter conteúdo nas redes sociais e no site que expliquem o seu projeto, esclareça dúvidas da comunidade e divulgue suas ações. Assim, os possíveis contribuintes sentem mais confiança em doar para o seu projeto.

Use técnicas de marketing

Para ter uma boa imagem construída por meio das redes sociais e do site é possível aplicar algumas técnicas de marketing para ter mais conexão com o público. Algumas estratégias que podem ser empregadas são:

  • Definição de público-alvo: um ponto crucial de uma estratégia de marketing para o terceiro setor é comunicar a realidade das instituições de forma convidativa, para incentivar as pessoas a contribuir. Sendo assim, é muito importante segmentar seu público, pois estudando quem são as pessoas que mais interagem com seu projeto, é possível definir suas preferências, classe social e comportamentos. E, assim, planejar quais são as melhores formas de alcançá-las e incentivá-las a contribuírem.
  • Elaboração de um planejamento de conteúdos: com os dados do seu público em mente, tente planejar conteúdos com base em suas preferências. Para isso, determine uma frequência de posts e os separe por temas. Por exemplo, publique dois conteúdos por semana, sendo um sobre a causa social que você defende e outro com alguma ação realizada pela instituição.
  • Assessoria de imprensa: uma estratégia usada por inúmeras empresas privadas que também traz ótimos resultados no terceiro setor é a assessoria de imprensa. Para pôr em prática essa técnica, produza notícias sobre as campanhas de doação da sua instituição e as encaminhe a jornalistas ou a veículos de imprensa da sua cidade.

Como pedir doação pela internet

Além das redes sociais e veículos de comunicação, também é possível utilizar plataformas online para divulgar e arrecadar doações em dinheiro. Abaixo nós separamos algumas opções, confira!

Plataformas de crowdfunding

Crowdfunding significa financiamento coletivo, ou seja, quando várias pessoas se identificam com um projeto e decidem apoiá-lo financeiramente. Atualmente, na internet existem algumas plataformas que permitem a contribuição financeira destinada à empresas do terceiro setor.

As mais conhecidas são a Vakinha e a Kickante. O site da Vakinha foi criado em 2009, ele permite a criação de campanhas de doações online, onde os usuários podem contribuir por meio de boleto bancário, pix, cartão de crédito, paypal, etc. No entanto, vale ressaltar que o site cobra algumas taxas e tarifas em cima do valor arrecadado.

O Kickante também é um site de campanhas e vaquinhas online. A plataforma já hospedou mais de 70 mil projetos de diversas causas: educação, artes, empreendedorismo, meio ambiente, etc.

Site integrado com plataforma de doação

Apesar dos benefícios dos sites de vaquinhas, eles possuem algumas limitações como limite de tempo, desconfiança das pessoas, etc. Nesse sentido, possuir um site que, além de explicar a história e ações da instituição, conte com uma plataforma de doações é o ideal, pois com ele é possível conseguir contribuições permanentemente e oferecer mais segurança aos contribuintes.

*Texto produzido e distribuído pela Link Nacional para os assinantes da solução Conteúdo para Blog.

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *